Palavras, palavrinhas e palavrões de uma pequena minoria dentro de uma elite ainda mais pequena... Se quiser partir alguma coisa envie por correio para: partemtudo@netcabo.pt

sexta-feira, novembro 23, 2007

Manifestos de Palanque #3 - Ninguém me contou

Ora aqui vem mais um manifesto que já se impunha. Mas como mais vale tarde do que nunca e ainda por cima me sinto moralmente obrigado a transmitir estas coisas aos mais desatentos, cá vai.

Tudo isto parte da velha expressão "quem conta um conto acrescenta um ponto". Na realidade, a história que nos chega aos ouvidos, se for passada de boca em boca, quase sempre é diferente da história original, como aconteceu na realidade. Os boatos aparecem assim devido a estas imprecisões. De facto quando ouço uma história tento relatá-la com total exactidão tal qual me foi contada, tentando evitar isto, mas saberei que quem ma contou o fez de igual forma?

Para garantir que a história contada foi realmente como se passou, o orador deverá acrescentar no final da sua narrativa um "ninguém me contou, eu vi". Só assim estou certo que quem fala, fala a verdade e não expressa uma verdade adulterada. Na falta dessa expressão, ou simplesmente na falta de um "ninguém me contou" (porque a parte do "eu vi" já está implicita na expressão anterior), quem ouve o relato terá desde logo que interpelar o seu interlocutor com um "Contaram-te ou viste tu?". Isto, óbvio, se tiver algum interesse em saber se o relato é fidedigno. E logo se saberá...

Portanto, para garantir a verdade de qualquer história há que acrescentar no final esse filtro de mentiras chamado "ninguém me contou".

Veredicto final:
Potencial de utilização - 10/10 [é inclusivamente obrigatório]
Primeiro impacto - 5/10 [fraco. geralmente quem ouve pela 1ª vez não percebe logo e tem que perguntar "o quê?" ou "como?"]
Durabilidade - 10/10 [isto, claro, se gostar de saber como as coisas são mesmo]

Manifestos de palanque: a pensar na verdade desde Janeiro de 2004 (para os mais distraídos foi quando este blog apareceu)!

Sem comentários: